domingo, 21 de novembro de 2010

Mais 1000 árvores plantadas!


1 Pessoa = 1 árvore/ano. Esta é a fórmula base do projecto "Plantar uma Árvore". Esta fórmula nasce de uma ânsia de mudar o mundo e de o mudar rapidamente. Nasce também da noção de que um pequeno gesto, simbólico, simples, multiplicado milhões de vezes tem um impacto imenso, capaz de gerar essa mudança.

Este fim-de-semana demos mais um pequeno passo. Cerca de 300 pessoas deram parte da sua tarde de Sábado para, em Monsanto, plantar 875 novas árvores. Mais um sítio lindíssimo, outro ilustre desconhecido da grande maioria dos Lisboetas. Entre Sábado e Domingo, 40 pessoas deslocaram-se ao Parque Natural Sintra-Cascais, à quinta do Pisão de Cima, e plantaram pouco mais de 100 árvores, neste sítio fantástico. Grandes ou pequenas, o retorno destas plantações é sempre enorme.





Gostaríamos de fazer um agradecimento especial às Câmaras de Lisboa e Cascais que com o seu empenho permitiram que estas plantações fossem uma realidade. Um grande abraço à equipa de Jardineiros da Divisão de Matas e da Divisão de Educação e Sensibilização Ambiental da Câmara de Lisboa, e à equipa da Cascais Natura, homens e mulheres que diariamente trabalham na gestão e manutenção destas florestas, e que de forma extraordinária, ao fim-de-semana nos apoiam para que as plantações decorram com normalidade.

No próximo fim-de-semana terminamos mais este capítulo do projecto com uma réplica das plantações, no parque natural sintra-cascais, das 10:00 às 13:00 Sábado e Domingo e em Monsanto, mesmo ponto de encontro mas outra encosta, no sábado às 14:30. Contamos consigo, inscreva-se em: http://www.plantarumaarvore.org/inscricao.aspx

Hoje será iniciada também uma experiência a um ano. Recolhemos algumas bolotas de sobreiro na Quinta do Pisão. Vamos tentar germinar estas sementes, algo que nunca experimentámos, e daremos notícias regularmente sobre os progressos da experiência. Daqui a um ano plantaremos as árvores que conseguirmos fazer germinar e crescer. Convidamos todos os que queiram a realizar esta simples experiência, ou a comentar ou a dar dicas e sugestões. As bolotas poderão ser encontradas nesta altura do ano em qualquer sítio com sobreiros, azinheiras, etc., por exemplo em Monsanto, façam a apanha das bolotas com os vossos filhos, é uma experiência gira de fazer em casa. Aqui estão as nossas bolotas.





Até breve.

3 comentários:

  1. qual é a forma correcta de tentar germinar as bolotas?

    ResponderEliminar
  2. O ideal é semear as bolotas directamente no solo. De acordo com os especialistas, é desse método que se desenvolvem as melhores árvores. A contrapartida é que germinarão bem menos bolotas do que se estas forem germinadas em viveiro. Ou seja, menos árvores, mas melhores árvores. Para germinar em viveiro, colocar as bolotas sobre metade de um pano húmido (de preferência livre de produtos químicos), e depois dobrar a outra metade sobre as bolotas. Manter o pano húmido, mas não ensopado (provavelmente terá que ser humedecido de 2 em 2 ou de 3 em 3 dias), num local fresco, arejado e longe da luz solar. Ao fim de 3 semanas já deverão começar a germinar as primeiras bolotas. Quando começarem a surgir as raízes, colocam-se num recipiente fundo com terra (ex: pacote de leite, garrafa de plástico de refrigerante > 1 L, etc.). O facto de o recipiente ser fundo permite o correcto desenvolvimento das raízes durante o período em que a planta aí vai crescer, antes de ser colocada no local definitivo, o que deve ocorrer nas primeiras chuvas do outono seguinte.
    Espero que ajude!

    ResponderEliminar
  3. Como devem ser semeadas as bolotas diretamente no local onde pretendemos que se desenvolvam? Disseram-me que deve ser feita uma cova de 10 cm de profundidade, colocando duas bolotas na diagonal com cerca de 10 cm de distância entre elas. É mesmo assim. Sendo assim, a ponta (parte mais estreita)fica para cima ou para baixo?

    ResponderEliminar